quinta-feira, 5 de maio de 2011

FILHO DA MISERICÓRDIA, um testemunho do amor de Deus

Meus amados e queridos! Misericórdia 
No próximo domingo comemoraremos o tão significativo Dia das Mães.
Hoje com 45 anos, pastor batista, uma esposa maravilhosa, uma filha casada com um pastor batista e um filho a qual eu amo muito,  só tenho a agradecer a Deus.
Este ano fazem dez anos que eu vim descobrir que sou ADOTADO, minha mãe biológica me deu praticamente ao nascer e minha mãe, AMADA que me criou e me tornei no que hoje sou, nunca me disse nada.
Louvo a Deus pela minha mãe Julieta, que me amou, deu sua vida por mim, perdeu tantas noites de sono, pois eu era muito doente. Ela é minha mãe do coração e não do ventre, e no coração NÃO SE ABORTA.
Louvo a Deus, pela minha mãe Noemi, a mulher que Deus escolheu para eu ter a estrutura física.
Mas à Deus, toda honra e glória, pois me tornou um FILHO DE SUA MISERICÓRDIA.
 Hesed normalmente é traduzido por “amor” mas também pode ser traduzido por “bondade”, “benevolência” ou “misericórdia”. Hesed é freqüentemente associado à Aliança
(Ex 20,6; 34,6). A própria aliança é chamada hesed (Is 55,3). O hesed de Iahweh dura para sempre (Is 54,8; 55,3; Jr 33,11; Mq 7,20). Ele preside a história da salvação de Israel.
A misericórdia também é significada em hebraico pelo vocábulo Rahamim: a raiz da palavra rhm tem o significado de : útero, ventre materno.
Entre as derivações, encontra-se a forma rahamim, substantivo plural abstrato usado para “vísceras”, “entranhas”, “sentimento de amor”, “compaixão”, “misericórdia”.
É comum considerar a direta relação do termo com o sentimento materno, por se tratar provavelmente de uma raiz que indica um órgão único no corpo da mulher, e sentimentos que tratam a misericórdia e o amor, que procederiam desse lugar do corpo.
O hebraico faz uso da expressão rahamim para falar de sentimentos de homens e até mesmo de Iahweh.
A expressão rahamim é sintetizadora de sentimentos de compaixão, misericórdia, pela força criadora de afirmar a vida em meio a situações de morte. A palavra parece associada a questões profundas de ameaça à vida dentro das relações sociais.
Rahamim significa assim, um amor profundo e entranhado da mãe para com seu filhinho. 

Assim, bendito seja o meu Deus, me deu duas mães, uma eu não praticamente não conheço.
mas principalmente, por ser um FILHO DA MISERICÓRDIA.
Em João 1.12, todos que receberam a Jesus Cristo, se tornaram FILHOS DA MISERICÓRDIA, e filhos do coração NÃO SE ABORTA.
Dedico ás mães o vídeo abaixo e aos "santos" de plantão: um aviso antes de endemonizar toda música que não seja "gospel", meditemos na letra da canção primeiro.
Esta música fez muito sucesso no Brasil como musica romântica, mas é uma bela canção de ninar.
 
Pr. Celair Winverson Orlando
OPBB 4574