quinta-feira, 3 de maio de 2012


O que Bíblia e a psicologia falam sobre os sonhos

A Psicologia diz que nossos sonhos têm relação com a realidade. O psicólogo J. Oliveira, especialista em estudo dos sonhos, escreve dizendo:

Quando sonhamos com pessoas que estão nos atacando pode significar início de um processo de depressão por provável aspecto de raiva não trabalhada, não vivenciada em relação a outras pessoas.
Sonhar com objetos não naturais ou que quebrem a estrutura natural como animais que falam ou árvores que andam pode ser tratar de uma ruptura na estrutura psicológica por ocorrência de um forte trauma.
Quando sonhamos com preparação para uma prova, sonhos de perseguição, ataque das forças da natureza, estar trabalhando sem alcançar o objetivo, significam ansiedade e preocupação com algum aspecto futuro.
Sonhar com morte reflete aspectos de mudança presente. Sonhar com a própria morte ou ver o próprio caixão significa que parte da estrutura psicológica está mudando. É como se estivesse matando uma parte que já não é mais importante para a psique.
Os pesadelos são sonhos durante os quais nos confrontamos com grandes medos, eles podem ter ligação com algum evento traumático recente que envolve forte emoção como assistir um filme de terror. Quando o pesadelo se torna repetitivo, tem mais a ver com um episódio traumático não solucionado, um exemplo deste perfil é ex-combatente de guerra que têm pesadelos constantes com as cenas vividas nos campos de batalha.
REFLETIR SENTIMENTOS REPRIMIDOS - Esta é uma das funções do sonho. Saber “ler” um sonho é tomar ciência do que se passa na sua estrutura psicológica. Para interpretá-lo é preciso se basear na vivência de cada um.
RESOLVER CONFLITOS - Através dos sonhos identificarmos e resolvermos os conflitos dentro de nós.
NÃO LEMBRAR OS SONHOS – Há várias razões, mas tirando bebidas, drogas, remédios, sono interrompido etc, um dos motivos é que o sonho tem um propósito: compensar. Se ele não consegue fazer isto e, em consequência, pode criar uma fratura cognitiva, um recalque, ele é excluído do sistema para não causar inquietação no sujeito no outro dia.
SONHOS “VISIONÁRIOS” - Quando sonhamos com a rotina do dia que ainda vai acontecer significa que nosso inconsciente apresenta um teatrinho para nos preparar para algum evento futuro. São sonhos que ilustram o futuro. Seu conteúdo simbólico representa o desenvolvimento da solução do conflito.
SONHO BOM X PESADELO – Por que não lembramos os sonhos bons, mas não esquecemos os pesadelos? Às vezes os pesadelos nos acordam, com toda a emoção, sem a menor lembrança do conteúdo, já que seria difícil lidar com ele no modo desperto. Sonhar coisas boas não significa que está tudo bem, muito pelo contrário, quem sonha só coisas boas está compensando demais.

A BÍBLIA DIZ QUE: DEUS FALOU PARA AS PESSOAS DIVERSAS VEZES NAS ESCRITURAS POR MEIO DE SONHOS. EXEMPLOS SERIAM JOSÉ, FILHO DE JACÓ (GÊNESIS 37:5-10), JOSÉ, MARIDO DE MARIA (MATEUS 2:12-22), SALOMÃO (1 REIS 3:5-15) E VÁRIOS OUTROS (DANIEL 2:1; 7:1; MATEUS 27:19). HÁ TAMBÉM UMA PROFECIA DO PROFETA JOEL (JOEL 2:28), CITADA PELO APÓSTOLO PEDRO EM ATOS 2:17, QUE MENCIONA DEUS USANDO SONHOS. PORTANTO, A RESPOSTA É SIM, DEUS PODE SIM FALAR ATRAVÉS DE SONHOS, E O FAZ.


No entanto, há uma diferença em como nós aplicamos essa verdade aos dias de hoje. Uma coisa que devemos ter em mente é que a Bíblia está finalizada, tendo abordado todos os assuntos sobre os quais devemos saber de agora até a eternidade. Isso não significa que Deus não realiza milagres ou fala através de sonhos hoje em dia. A diferença é que Deus já revelou a forma que Ele escolheu para lidar com a humanidade de agora até a eternidade – na Bíblia. Qualquer coisa que Deus diga, seja um sonho, visão, “voz sussurrante”, etc., estará completamente de acordo com o que Ele já revelou na Sua Palavra. Sonhos não podem ter autoridade superior à da Bíblia.                               
  Mais uma vez, SE Deus fosse falar a uma pessoa em sonho, a Sua mensagem estaria perfeitamente de acordo com a Sua Palavra. Devido à nossa crença na inspiração, autoridade e suficiência da Escritura, nós achamos muito pouco provável que Deus fale regularmente através de sonhos hoje em dia. Ao mesmo tempo, nós não podemos negar a possibilidade baseando-nos nas Escrituras.
 
Se você tem um sonho e acha que foi Deus que o deu a você, examine em oração a Palavra de Deus e tenha certeza de que o seu sonho está de acordo com as Escrituras. Caso positivo, considere em oração o que Deus quer que você faça em resposta ao sonho (Tiago 1:5). 


Nas Escrituras, sempre que alguém experimentou um sonho de Deus, Deus sempre tornou o significado do sonho claro, seja diretamente para a pessoa, através de um anjo, ou através de um mensageiro (Gênesis 40:5-11; Daniel 2:45; 4:19). Quando Deus fala conosco, Ele se assegura de que a mensagem é entendida claramente.


Por: